​​



 

Filosofia

O Karatê não deve ser encarado como um regime rigoroso e uma provação ascética, mas um meio de restabelecer nossa ligação com o universo, nos ajudando a concretizar nosso incrível potencial e a sentir a alegria de ser.


A chave para os segredos do Karatê está do lado de dentro. Se o seu coração for sincero, suas técnicas serão verdadeiras, mas precisamos explorar esse tesouro. Precisamos seguir um caminho apropriado, dispor de veículos adequados (Keikô) para o treinamento e de bons professores que nos indiquem a direção certa.


​Sensei Carlos Rocha

zen-circle.jpg
Linha_Branca1.jpg